domingo, 27 de março de 2011

70. 1ª Corrida Saúde da Mulher

Local: Clube da Volkswagen - Taubaté - SP
Data: 27/03/11 - 9h45min - Clima: 28ºC Sol
Nro.: 840 - Percurso: 6 km - Altimetria: Alta

Relato: Diferentemente da tensão de largadas passadas, nesta eu estava totalmente sossegado e ainda na companhia da minha namorada Leiliane que iria participar da caminhada (apesar de ainda estar em férias esportivas rs). Eu só tinha motivos pra deixar a corrida me levar. Mas momentos antes da (atrasadíssima) largada, quando a descontração, zoação e histórias lusitanas do Narezzi tomavam conta do tempo desperdiçado naquele sol de torrar... eis que recebo um singelo e irrecusável convite da Leiliane: Vamos JUNTOS ? Nossa ! Tive apenas alguns segundos para reprogramar o corpo e a mente para o desafio de não correr. Logicamente, como um bom namorado aceitei o convite da caminhada com trotes intermitentes, onde os primeiros metros não foram fáceis. Freud, em "Escritores criativos e devaneios" (obras, p. 103) explica: "nada é tão difícil para o homem quanto abdicar de um prazer que já experimentou". Disse tudo, pois realmente foi difícil o ato de não correr.

Estar ali com a Leiliane, inventivá-la, buscar a água, controlar o fartlek da caminhada/trote, etc... além de todo o universo intrísico do amor e do companheirismo, mostrou-me o quanto é importante uma fuga do cenário já tão experimentado (e relatado aqui), para vivenciar uma outra visão do mesmo: a superação daqueles inúmeros caminhantes e corredores iniciantes que precisam de muito mais motivação do que nós (epidêmicos do bichinho da corrida) e as vezes não são reconhecidos (por nós mesmo) e até punidos (pela organização) como nesta ao faltar água. Por justamente serem o que são (iniciantes), deveriam ser tão bem tratados como os ponteiros, pois nestes está o semear e o futuro das corridas de rua no Brasil. Presenciei in loco a superação deles - sem água, sem apoio médico, desprecavidos pelo horário impróprio. Mas com a vontade de participar (dignamente). Como a do feliz cidadão que me disse: anos atrás, pós-acidente, estava numa cadeira de rodas e achava que jamais voltaria a andar, hoje estou aqui.

Demais, parabenizo você meu amor e muito agradeço pelo convite e adorável companhia. Espero em breve contar contigo integralmente no esporte e na vida. Te amo !

Resultado: Sem tempo, computado (por mim) como caminhada.

Avaliação da Prova: Organização ruim: insuficientes banheiros masculinos, entrega do kit demorada e com pouco staff, largada com 45 minutos de atraso, percurso sem marcação de km, sem apoio de staff e médico (mulher socorrida numa kombi) e o mais grave faltou água para o pessoal da caminhada e corredores iniciantes. Isto sim que é markentig inverso, hen Volks! Será que tem alguma relação com a gratuidade da prova? De bom mesmo, só kit pré e pós prova (apesar da medalha super simples) e o percurso bem divertido e variado, mas sem sombras o ideal é uma largada (pontual) as 8h. No fim, infelizmente, uma das minhas piores notas. Estimo melhoras!

Nota final: 2,5
1 - péssimo, 2 - ruim, 3 -bom, 4 - ótimo, 5 - excelente

12 comentários:

Fábio Namiuti disse...

Show de bola, meu amigo Michel! Confesso que, cansadão da sequência alucinante do final de semana (prolongado), pensei em fazer o mesmo, acompanhar meus tios na caminhada. Parabéns pelo desprendimento e pela atitude nobre. Queremos todos ver a Leiliane devidamente "reintegrada" ao grupo de praticantes do nosso esporte, felicitações por incentivá-la e apoiá-la.

Parabéns também pela excelente análise da prova. Estou demorando um pouco para escrever, um pouco por conta das respostas às mensagens de aniversário (cara, não pensei que conhecia tanta gente, hehehehe..) e pela correria do trabalho, mas outro pouco também para colocar as coisas em perspectiva e não exagerar na "descida de lenha". A iniciativa foi boa, a festa foi bonita, mas como evento de corrida em si, foi um dos piores que já vi também.

Abração e até as próximas!

Fábio

Fabio Matheus disse...

Legal Michel você ter feito a caminhada com a patroa, temos que incentivar mesmo.

Uma pena a corrida ter sido assim, espero que não desistam e que ano que vem revejam os pontos negativos e faça desta, fixa no nosso calendário.

Fiz meu longão no sabado(28k), ta começando a ficar dificil...

Abraço!!
Fabio

G.M. disse...

Boa, Michel!
Garantiu (com esta atitude cavalheirística) uns 15 alvarás de soltura, hein?
(Risos!)
Parabéns pela nobreza do seu caráter.
Boa semana para você.
Ass.: Guilherme.

Patricia Kojima disse...

Verdade Michel, foi bastante complicada essa prova, mas preferi avaliar por outro Ângulo e dar um desconto por ser a primeira organizada - além disso, a gente não quer que provas saiam do calendário né? Vai q desanimem e acabem desistindo dessa tbm... rsss... Tomara q eles aprendam com os erros!
E parabéns por sua iniciativa, já achei q a minha tinha sido "nobre" (correr uma prova a 6'30"...), agora vejo q a sua foi muito mais!!
Até a próxima!!

"Orlando,um não corredor que corre" disse...

Grande Michel , vi vc pegando seu kit , mas não consegui falar com vc , pois fiquei naquela imensa fila por um bom tempo. Parabéns por sua atitude com sua namorada. Belo exemplo de cavalheirismo digno de recer elogios. Bela atitude. Um grande abraço.

Cris Hallsr disse...

Grande Michel, parbéns memso pela iniciativa de correr com a namorada, parabéns pelo relato, bem mais suave que o do Namiute , porém não menos verdadeiro, a prova teve vários pontos ruins mesmo , mas reencontrar a turma toda, confraternizar e participar de uma corrida sempre é bom, vamos tentar nos ater aos bons acontecimentos do dia e torcer pra galera se organizar melhor da próxima vez afinal $ pra isso eles tem né,kk.
Parabéns pelo relato, pela atitude e gesto com a namorada , ótima semana pra vc, ótimos treinos, abração! cris.

Anônimo disse...

Belo relato Michel!

Todo começo é sempre difícil, incentive a Leili dai que eu incentivo da Edi daqui, para em breve cruzarmos correndo juntos a linha de chegada!

Bruno Narezzi

Thiago Melo disse...

É isso aí corredor...uma das piores corridas, mas com a melhor das companhias...temos que passar por tudo e tirar o melhor de cada situação. Parabéns!!!
Abraço,
Thiago Melo
http://corredoraprendiz.blogspot.com/

Ronnie Pereira Alves disse...

Parceiro Michel,

Que osso duro de roer foi essa prova! Enquanto vocês fritavam no sol, eu estava tomando água de coco na Corrida Circuito Saúde Oba Hortifruti. Mas brincadeiras à parte, temos o direito de reclamar e de exigir dos organizadores de provas mais respeito com os atletas e melhores condições para a prática do esporte, só colocando a boca no trombone que as coisas começam a mudar.

Abraços e espero encontrá-lo novamente em breve meu amigo. Bons treinos!!

Jorge disse...

Michel,
obrigado pela visita lá no blog.
Além do calor ter que aguentar 45 min de atraso não é nada estimulante.
Lamento por quem vai fazer uma estréia numa prova e de cara tem uma amarga surpresa.
Abraço e bons treinos.
Jorge Monteiro

Anônimo disse...

Michel

Apesar da corrida ser a favor da saúde da mulher, nada da organização favoreceu este objetivo. Foi muito dificil pra mim tentar correr com aquele sol forte, sem você ao meu lado eu tinha retornado e ido embora.

Que bom que você resistiu em não correr forte e ficar comigo. Te AmoOo . Vou lembrar desse seu apoio quando voltar das minhas férias esportivas , rsrsrrs

BeijoOooOoOs
Leiliane

Leonardo Nista disse...

Fala Michel!

Passei para conferir seu blog e achei muito bacana!! Parabens !!

Já adicionei em Meus Favoritos e de hoje em diante você ganhou mais um seguidor!

abraços e vamo que vamo

Leonardo Nista
www.corroporcorrer.com.br