domingo, 20 de julho de 2008

13. Aniversário de SJCampos

Local: Parque da Cidade - São José dos Campos - SP
Data: 20/07/08 - 10h15min - 27º Sol
Numeral: 141 - Peso: 84kg
















Resultado: 10 km em 0:55:04 pace 05:30 min/km

Prova em casa, aniversário de 241 anos da minha cidade e de 1 ano como corredor de rua, justamente na prova que inicie tudo. Um dia comemorativo, mas sobretudo reflexivo. Ainda falta muito para alcançar tudo que desejo, principalmente treinos, mas devagar chego lá! E nesta minha simples vida de pseudo-atleta, sigo correndo enquanto a humanidade caminha...

1km: Muitos atletas, posicionei erroneamente a frente, o que me obrigou a literalmente sair da frente... que atrás vem gente. 2km: Ritmo forte, e logo, atentei-me a segurar a empolgação para não forçar demais no início, atitude que me é contumaz. 3km: Já na estrada de terra, fora do parque, o sol e a poeira castigava. Estava com 15', um abaixo da minha colinha mental. 4km: Após chegar ao final da estradinha de terra, fizemos o retorno e incrivelmente eu ainda estava inteiro e muito disposto. 5km: Era tanta a disposição, que troquei o célebre pensamento de corredor: "O que estou fazendo aqui por: que legal estar aqui.". 6km: Ainda inteiro mantendo o ritmo e a felicidade. 7km: Começou um caminho (babu) levemente íngreme e igualmente agradável. Muito bom correr naquele trecho. 8km: A felicidade era grande com as parciais dentro da minha colinha mental. Precisava apenas manter para bater meu recorde. 9km: No penúltimo km, estava com fôlego, porém sentindo pesadas as pernas... cansaço muscular. 10km: Abri o último km apertando o ritmo. Na minha frente havia um grupo ao qual me ultrapassou na subida do 7 km, então acelerei e na reta final com o incentivo da Leili e do Willian ultrapassei a todos pra fechar com chave de ouro.

Conclusão: Bati meu RPM (Recorde Pessoal Mundial) nos 10 km com um tempo de 0:55:04. Muito melhor do que daquele de 01:13:41 do ano de 2007. Sigamos pra arrebentar na edição 2009.



domingo, 13 de julho de 2008

12. Corrida de Pinda 2008

Local: Praça do Quartel - Pindamonhangaba - SP
Data: 13/07/08 - 9h30min - 25º Sol
Numeral: 3027 - Peso: 84kg















Resultado: 4 km em 0:19:45 pace 04:56 min/km

Equipe Vinac reunida, fomos de van para Pinda. A expectativa por uma prova rápida era grande, apenas 4 km. E desta vez, larguei logo na frente, pois além de fazer uma boa prova de velocidade precisava "descontar" a ultrapassagem silenciosa que recebi do Gerson Narezzi na prova Unimed (rs). Tinha como objetivo um pace de 04:45 a 05:00 min/km.

Largada forte, clima seco e quente. Fechei o 1km em 4'13" com o Gerson no meu raio de visão. No 2km fechei em 10'30", putz, 1' acima da meta. Neste momento, na metade da prova, no posto de hidratação pensei: é 8 ou 80, ou soco a botina agora e recupero ou contento-me a um resultado final bem fora do desejado. Consegui acelerar um pouco e fechei o 3km em 13:30. OPA, algo está errado, diferença de apenas 3' em um km, impossível. Com certeza a colocação da placa 2 km estava um pouco adiantada. Enfim, faltando uns 600m consigo encostar no Gerson e na sequencia veio uma subidinha. Apliquei as técnicas de braço, joelho, quadril e até de orelha e passei por ele num forte sprint... ele na brincadeira tentou segurar-me pela camiseta, mas não tinha jeito, eu estava focado em "botar pra arrebentar", nem que fossem os meus poucos músculos (rs)... aí foi só manter o ritmo o maior tempo possível e ao contornar pela Igreja veio a reta final. Olhei para trás, vi que ele não acompanhou e até desacelerei um pouco pra recuperar o fôlego. Fechei o 4km com um pace de 04:56 min/km, nos limites do meu objetivo.

Depois de uma breve recuperação, fui a encontro da Leiliane. Já perto da Igreja, ela vinha bem. Nem precisei incentivar muito. Terminou a prova num bom tempo. Parabéns a ela e obrigado ao Gerson que vem me motivando a levar sérios os treinos. Agora, descontada a ultrapassagem da Unimed, digo-lhe que não mais preocuparei em chegar ou não na sua frente, mas sim, em manter a nossa amizade a cada km da vida. Valeu.