quarta-feira, 23 de novembro de 2011

91. Volks Run 2011

Local: Fábrica Volkswagem - Via Anchieta - SBCampo
Data: 20/11/2011 - 08h20min - Clima: 27ºC Sol
Nro.: 1075 - Percurso: 10 km - Altimetria: Alta
Site.: http://www.vwrun.com.br/2011

A contra-gosto (obrigação da oftal) usando óculos de sol.

Relato: Pela 3a. vez corri a Volks Run na fábrica sede em São Bernardo do Campo. Prova de percurso e logística difíceis: retirada do kit somente nos dias anteriores, local da prova distante e com largada as 8h.  Inclusive, ainda bem que marcaram cedo, pois houve um atraso de 20 minutos e o sol (assim como nas edições anteriores) pegou forte. Os diferenciais da prova são: correr por alguns metros pela linha de produção e, particularmente, pelo sorteio de um carro zero km. Novamente este ano não teve o circuito com etapas nas filiais da Volks, nem show musical.

Minha participação, assim como nas edições anteriores, foi péssima. Já no 2km senti aquela chata dor de lado e nos demais km's não tive motivação para sair de uma prazerosa zona de conforto. Não consigo acertar o pé nesta prova. Tudo bem que em 2009 (00:57:43) estava recém-operado, mas em 2010 (00:50:14) não havia motivos. Neste domingo um irritante terçol, mas sobretudo o relaxamento nos treinos, não tem jeito, costumeiro de meus finais de temporada. Parabenizo o Bruno Narezzi, meu anual companheiro de #VolksRun por enfim ter chegado, de forma válida, na minha frente. Mas ano que vem eu volto, seja para correr bem, seja para enfim ganhar o carro.

Resultado: 10 km em 00:51:13 pace 05:07 min/km

Avaliação da Prova: Percurso difícil, com fortes e constantes inclinações. Sub 50 lá é pra comemorar.  Sinalização, segurança e hidratação impecáveis. Organização ótima, apesar do atraso de 20min da largada. Kit pré recheado: camiseta, boné e meia da Track Field, mais um cronômetro digital. Kit pós: bonita medalha, isotônico, frutas e um lindo squeeze de alumínio. Ao final o tradicional sorteio de um automóvel Volkswagen. Para melhorar: retirada do kit e do chip no dia da prova; uma barra de cereal ou um biscoito no kit pós, uma vez que os altos R$ 80,00 da inscrição permite uma reforçada na alimentação final; a volta do show musical e sobretudo da etapa na filial de Taubaté.

Participações Anteriores2009 (nota: 4,75) e 2010 (nota: 4,50)

Nota final: 4,25
1 - péssimo, 2 - ruim, 3 -bom, 4 - ótimo, 5 - excelente

6 comentários:

G.M. disse...

Você corre muito, Michel.
Nem é preciso escrever isso, não será uma prova - que não tenha sido do seu agrado - que invalidará o que escrevi acima.
Força!
Boa semana para você.
Ass.: Guilherme.

Fabio Matheus disse...

Tem crédito campeão, fim de ano nao é facil, estou tentando manter o foco, até comprei uma bike speed pra diversificar.

O Bruno ta com tudo mesmo, preciso tomar cuidado tb.. hehehe

Abraço!!

Gerson Narezzi disse...

Parabéns!! essa prova não é fácil, vc foi feliz em comentar um sb 50 tem que comemorar. O que mais me chateia é a logistica ter que levantar de madrugada para correr.
Coragem!!! estamos esperando vc nos treinos com o Jota Junior..

abraços

Anônimo disse...

Grande Michel, para quem mau está treinando e com um irritante terçol, seu tempo foi muito bom para este chato percurso.

Confeço que sofri bastante e carreguei essa mesma dor lateral desde o km 7, nao foi fácil.

Força e motivação amigo, vamos lá pro Jota....

abraço,
Bruno Narezzi

Fábio Namiuti disse...

Parabéns, Michel! Ainda que o resultado não conte quem você é, sempre vale fechar mais uma prova, ainda mais num percurso osso duro de roer como todos contam que esse é, com um tempo pra lá de digno. Torço pela volta da etapa Taubaté. Os organizadores precisam entender que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. O Vale tem potencial e muitos corredores, mas não é a Grande SP. E quem sabe um dia me animo a encarar essa caravana com vocês.

Abraço e até a Univap!

"Orlando,um não corredor que corre" disse...

Parabens Michel , apesar da dor chata seu tempo na prova foi muito bom. Concordo com vc que a logística para uma prova dessa é complicada,e esse é o principal motivo que evito correr em são Paulo ou próximo a São Paulo.
Um abraço.