quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

41. XXVI Prova Pedestre Tremembé

Local: Praça Geraldo Costa – Tremembé - SP
Data: 06/12/09 - Largada: 9h10min - Clima: 22ºC
Nro.: 104 - Peso: 81 kg - Tênis: Asics Nimbus 9
Percurso: 8km - Altimetria: Média - Fotos:

















Relato:
Durante toda a noite fui instigado pela insônia a decidir se iria ou não para esta prova. Uma vez que, eu queria muito ir mas muitas variáveis foram ficando contrárias ao meu querer e até questionei se não seriam sinais para não pegar a estrada, inclusive pela 1ª. vez sozinho. Mas reportando a citação do post anterior: "Veja, toda a terra está diante de você, vá para onde melhor lhe parecer." Jr 40,4-5, fui e lá encontrei com os amigos da 100Juízo (versão short) e com o Orlando (hoje espectador). Estava desde a madrugada desanimado, meio que obrigado a ir correr, mas ao final de tudo tive uma agradável e inesperada surpresa, já que só tinha medalhas até o 13º de cada categoria e sendo a minha dos 18 aos 29 anos, estava convencido que seria muito difícil ganhá-la. Segue km-to-km:

Largada - Saio calmo, frio, lento... mas os atletas ao meu lado disparam e no esforço tenho que seguir 01k - 4:47. Assustado com o pace, nada posso fazer a não ser manter 02k - 4:45. Ritmo começa a encaixar na estrategia... 03k - 5:08. Posto hidratação, bate uma desanimada e o ritmo cai 04k - 5:28. O pelotão mediano ao qual me encontrava desde a largarda começa a se desfazer 05k - 4:55. Aproveito uma descida, aperto o ritmo e lidero. Logo, uma tremenda subida, aplico a técnica e amplio a vantagem. Neste momento, foi que conquistei o 9ºlugar na categoria, pois estavam ali uns 4 atletas da mesma 06k - 4:32. Mais subidas, paralelepípedos e passo mais um da minha categoria que se arrastava. Escolho um coelho acreditando ser da minha categoria e vou... 07k - 4:51. Muito esforço pra nada, o atleta era de uma categoria acima. Próximo ao fim e com os demais coelhos muito a frente, só me resta manter a posição e torcer pra estar entre os trezes. Mas a placa 8k nunca chegava, com toda a certeza tinha mais de 1k 08k - 5:57. Enfim, fim: 0:40:27. Depois de escalar quatro fortes subidas nos últimos 2k, estava destruído. Recarreguei as baterias com um gostoso lanche da tia do guerreiro Namiuti (que disparou no início e fez uma excelente prova) e fomos esperar as premiações e sorteios. Para minha grande alegria fui convocado ao pódio para receber a medalha de nono na categoria de 18 a 29 anos. Não foi O PÓDIO, mas fiquei muito feliz pela colocação numa categoria tão disputada. Pra encerrar ganhei uma camiseta no extenso sorteio de brindes. Em suma, ainda bem que persisti e encarei o desafio, pois a recompensa serviu de lição para não menosprezar a simplicidade das coisas.

Tempo: 0:40:27 - Pace: 05:03 min/km
Resultados: http://www.tremembe.sp.gov.br/

Avaliação da Prova: Percurso chatinho: subidas, paralelepípedos, muitas curvas. Sinalização eficiente mas tinha mais de 8k. Hidratação dupla e bem posicionada. Kit pós-prova apenas frutas, nada de camiseta e medalhas apenas na premiação por categoria. Prova simples, sem chipagem (controle por senha), sem frescura, porém eficiente e muito boa, considerando sua gratuidade.

Nota final: 3,5
1 - péssimo, 2 - ruim, 3 -bom, 4 - ótimo, 5 - excelente

4 comentários:

Anônimo disse...

Grande Michel, não tem nem 1 mês de volta as corridas e ja está beliscando os podios, neste ritmo de volta/recuperação fica impossível te acompanhar, PARABÉNS, continue assim.

Bruno Narezzi

Orlando disse...

Grande Michel. Foi um prazer pedalar até Tremembé para prestigiar vc o Fabio e todos da 100juizo nesta empreitada. Parabéns pela performance e pela conquista da medalha. Um abraço.

Fábio Namiuti disse...

É isso aí, seu Michel! Em Caçapava, não sei se você lembra do relato, fiquei também "vô num vô", fui e fiz uma bela prova. Tem dia que é assim, a vida e a corrida são cheias de surpresas, algumas bastante agradáveis como esta. Você está de parabéns, correu bem e conseguiu um resultado muito bom nesse percurso, que de fácil só tem o número com um dígito (do jeito que o amigo P.G. gosta, hehehe...).

Ficamos todos contentes em te ver lá no pódio, vendo agora o que você escreveu, conquistado com bravura. Parabéns!

Um abraço e até os próximos treinos e corridas.

Fábio

Gerson Narezzi disse...

Michel !!!

Legal, são essas provas simples que no dá condições de por em teste o trabalho de recuperação, Parabéns !!!
cheguei hoje de B.H. vou postar meu relato da Pampulha !!

Gerson Narezzi